Sob a chama da candeia

um filme de André Gil Mata

Sinopse

Uma casa de azulejos verdes, um jardim, uma magnólia. 

Quartos cheios de objectos das vidas ali passadas. 

Marcas do tempo, dos gestos e afectos.

Aí nasceu, viveu e morreu Alzira - aí foi filha, mãe e avó, aprendeu piano,

brincou, dedicou-se a um marido austero e silencioso. 

Aí ficou com Beatriz, a empregada que foi para lá com 13 anos,

até não conseguirem viver mais juntas. 

Uma casa que é um corpo de memórias e fantasmas:o presente e os passados convivem no silêncio dos dias que se repetem.

casaexterior1_edited.jpg